Benefícios e curiosidades
dos ingredientes orientais.

Alga Nori As algas contêm proteínas e minerais como o iodo e são ricas em vitaminas B1, B2, B6 e C, que ajudam a prevenir os depósitos de colesterol nos vasos sanguíneos.

Arroz Japonês O arroz é a base da dieta dos japoneses há mais de 3.000 anos, e presente diariamente na cultura oriental: da bebida alcoólica ao doce, do chá ao cosmético, das cerimônias da Casa Imperial até as festas populares da primavera e do outono. Por ser cozido apenas com água, sem o acompanhamento de sal e óleo, possui menos gordura e não contém colesterol.

Chá verde É um chá oriental feito a partir da infusão da planta Camellia Sinensis. Ajuda no bom funcionamento digestivo, devido a presença das catequinas. Para a preparação adequada, a água não deve estar fervendo, pois assim as folhas acabam sendo cozidas, proporcionando um gosto amargo à bebida. O tempo de infusão também não deve ser maior que 3 minutos.

Harussame Significa “chuva de primavera”, é um macarrão feito com feijão verde conhecido como Moyashi. Os maiores nutrientes são os carboidratos com mais vitaminas e sais minerais do que o macarrão com massa de farinha de trigo.

Katsudon O molho fervente varia de acordo com a estação, ingredientes, região e gosto. Um molho típico pode consistir de dashi (tempero fervido) misturado com shoyu e mirin. Essa iguaria tem uma simbologia positiva, por causa da palavra "katsu" que significa vencer, muito apreciada por alguns estudantes no Japão antes de uma prova.

Lichia A fruta é rica em vitamina C e vitaminas do complexo B, que poderosas aliadas do sistema imunológico. A lichia também apresenta baixa caloria, numa quantidade de 100 gramas, por exemplo, o total chega a 64 calorias.

1 2