Benefícios e curiosidades
dos ingredientes orientais.

Macarrão Sobá É um tipo de macarrão japonês tradicionalmente degustado na passagem do ano. Dizem, que por se comprido e fino lembra barba e cabelos brancos de deuses de longa vida, simbolizando assim a longevidade.

Macarrão Udon É servido normalmente como sopa em caldo quente a base de dashi, shovu e mirin. Sobre o Udon básico, são acrescentados um ou mais ingredientes, e estes ingredientes dão origem a vários tipos de udon. A maior parte deles leva negi (cebolinha) picada.

Missô É uma pasta de soja rica em cálcio muito utilizada na culinária japonesa e em tempero de sopas, peixes, legumes, vegetais, carnes e frutos do mar.

Soja A soja é rica em proteínas de boa qualidade, é eliminadora de radicais livres por conter antioxidantes, possui ácidos graxos poli-insaturados (ômega 6 e ômega 3) e é uma excelente fonte de minerais como: cobre, ferro, fósforo, potássio, magnésio, manganês, e vitaminas como A, C, E, complexo B. A soja é encontrada na culinária japonesa em alimentos como o missô, tofú e shoyu.

Teriyaki O Teriyaki é uma técnica de cocção da cozinha japonesa onde os alimentos são grelhados em molho. A palavra deriva de teri que se refere ao brilho que o molho dá e yaki que refere-se ao método de cozinhar (grelhado).

Tofu Também conhecido como “queijo de soja”, é uma fonte de proteínas, e rico em sais minerais como o cálcio, fósforo e magnésio. O tofu se constitui num alimento predominantemente proteico, sendo as proteínas de soja muito utilizadas em dietas vegetarianas para substituição de alimentos de origem animal.

1 2